Doenças condições de gatos

Coma, estupor e diminuição da consciência em gatos

Coma, estupor e diminuição da consciência em gatos

Coma, estupor e diminuição da consciência em gatos

Coma é a ausência de alerta ou consciência. Animais em coma não respondem a estímulos nocivos ou dolorosos. A diminuição da consciência ou estupor é diminuição da consciência ou atenção.

Coma e estupor são condições médicas graves que devem ser tratadas imediatamente por um veterinário. O coma persistente também é chamado de estado vegetativo persistente.

Existem muitas causas de diminuição da consciência. Uma lista parcial das causas mais comuns está listada abaixo. A lista não é inclusiva e as causas não são apresentadas em ordem de probabilidade.

  • Traumatismo craniano (geralmente acidentes de automóvel)
  • Tumores cerebrais
  • Encefalite (infecção cerebral)
  • Atividade de apreensão
  • Hidrocefalia
  • Hipoglicemia
  • Insuficiência cardíaca
  • Falência renal
  • Cetoacidose (de diabetes)
  • Intoxicação por drogas
  • Substâncias toxicas
  • O que observar

  • Períodos de consciência inexplicável, diminuída ou ausente
  • Não resposta a sons ou toques
  • Diagnóstico de coma e diminuição da consciência em gatos

    Coma e estupor podem ser problemas médicos graves e com risco de vida que devem ser imediatamente investigados pelo seu veterinário. Um histórico médico e um exame físico podem fornecer pistas vitais para a causa da alteração na consciência.

    Seu veterinário vai querer saber:

  • Quando o episódio ocorreu?
  • Quanto tempo durou?
  • Ocorreu um episódio semelhante?
  • Existe potencial de exposição a algum medicamento ou substância tóxica?
  • Seu animal de estimação tem uma doença que poderia estar contribuindo para uma condição como epilepsia, doença cardíaca ou diabetes?

    Seu veterinário pode avaliar seu animal de estimação quanto ao nível de consciência. Existem cinco níveis de consciência reconhecidos nos animais.

    Normal. Obviamente, existem muitas variações do normal entre indivíduos.

    Deprimido, sem graça, quieto. Esses animais preferem dormir e têm respostas a estímulos apropriados. A maioria dos animais doentes é monótona.

    Desorientado, demente. Isso é semelhante a um animal sem graça, mas as respostas aos estímulos são inadequadas. Animais de estimação podem ser hiperativos, histéricos ou irritáveis.

    Estuporoso, obtundido. Esses animais de estimação não respondem a estímulos normais, mas respondem a estímulos fortes e nocivos, como uma pressão nos dedos dos pés.

    Em coma. Esses animais de estimação não respondem a todos os estímulos.

    Seu veterinário provavelmente também testará outras funções do sistema nervoso de seu animal de estimação, como o reflexo da luz pupilar, reflexos espinhais e reflexo oculo-cefálico.

    Os testes de diagnóstico que podem ser recomendados incluem:

  • Hemograma completo
  • Análise química sérica
  • Urinálise
  • Raios-X da cabeça, tórax e abdômen
  • ECG
  • Tomografia computadorizada ou ressonância magnética da cabeça
  • Punção lombar
  • Tratamento da diminuição da consciência em gatos

    O tratamento visa parar ou reverter qualquer causa da diminuição da consciência. O tratamento sintomático é principalmente de suporte e pode incluir fluidos intravenosos, monitores cardíacos e oxigênio suplementar. Se uma causa para a consciência alterada, como epilepsia, puder ser identificada, tratamento específico poderá ser dado.

    Home Care

    No caso de alterações de consciência em seu animal de estimação, coloque-os planos e proteja-os de ferimentos. Se houver suspeita de trauma, tenha muito cuidado ao mover o animal. Se possível, coloque o animal em uma placa ou use um cobertor bem embrulhado para mover o animal. Se houver suspeita de envenenamento, tente levar o recipiente em que a substância tóxica estava.